quinta-feira, 26 de abril de 2012

Emoções mais fortes ainda...

Minha postagem de 28 de março falava das tensões decorrentes da fragilidade de uma economia que mantém o consumo aquecido apesar das disparidades de renda e da orgia financeira praticada pelos bancos (leia aqui). De lá pra cá, tudo indica que a coisa desandou e os indícios de que estamos sobre uma bolha financeira aumentam a cada dia. 

Partilho com os que navegam neste blog as matérias publicadas na edição de hoje do Valor Econômico que reforçam essa sensação...
______________________________

Nenhum comentário: