segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Eric Hobsbawm

Eric Hobsbawm
(1917-2012)
Postei no twitter assim que soube: "com a morte de Hobsbawm o pensamento contemporâneo fica mais pobre... e a leitura do mundo mais difícil...". Acho que é isso mesmo: morre um dos maiores intelectuais públicos de que a inteligência se valeu para interpretar as tendências amplas do movimento histórico em meio às contradições severas do nosso tempo.
______________________________

 No blog, a última entrevista que postei de Hobsbawm foi originalmente publicada na Folha de S. Paulo: vale a pena rever aqui como ele analisava os principais dilemas do século XXI.

☞ Uma boa síntese do pensamento de Hobsbawm: a resenha de Terry Eagleton que o site Outras Palavras sobre o livro Como mudar o mundo. Marx e o marxismo (1840-2011): aqui.

☞ E na data de ontem (2/10/2012), o melhor comentário que li sobre o historiador britânico foi publicado no The Guardian e divulgado no Brasil pelo site Outras Palavras: Lembrança e legado de Eric Hobsbawm.

☞ Em compensação, a revista Veja, orientada pelo seu ranço conservador, chamou Hobsbawm de "idiota moral". A Associação Nacional dos Professores Universitários de História publicou manifesto no qual desagrava o historiador e critica a revista. Conheça do texto da ANPUH aqui.
_____________________________

Nenhum comentário: