quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Assim não dá...

O ventos que derrubaram o Papa
A Folha de S. Paulo reuniu na 3a feira 12 de fevereiro provavelmente a melhor coletânea de artigos e ensaios sobre o impacto da renúncia de Bento XVI. Vale a pena conferir aqui para evitar os mesmismos de sempre - que aliás o mesmo jornal não se cansa de repetir.

Para os iteressados em compreender com maior refinamento a amplitude do pensamento teológico de Ratzinger, recomendo abaixo o célebre debate travado em 2004 com Habermas em torno dos desafios da racionalidade moderna e a reflexão feita sobre o tema pelo articulista da Folha, Luiz Felipe Pondé.

* O diálogo entre a razão e a fé: leia aqui a íntegra da discussão entre Ratzinger (Bento XVI) e Jürgen Habermas sobre a Dialética da Secularização. E aqui o resumo das ideias de ambos analisadas e discutidas pelo Instituto Humanitas, da Unisinos.

* Leia também sobre o mesmo assunto o paper de Condé e Testa, da PUC-SP: A fé de Habermas e a descrença de Ratzinger
.


* E ainda em Carta Maior: Renúncia do Papa tem significado político e A história secreta da renúncia de Bento XVI.

* Por último: uma ótima matéria do El País sobre as tendências políticas que povoam o interior da Igreja e ainda uma boa análise de Toni Negri: as duas renúncias do Pala alemão (Outras Palavras).
______________________________

Nenhum comentário: