domingo, 26 de janeiro de 2014

Gente mal-agradecida...

Ministro Gilberto Carvalho exibiu despreparo político - e um certo aristocratismo - ao se mostrar surpreso com a dinâmica da sociedade brasileira 
Na minha opinião, o acontecimento que resume os trends subjects da temporada não são os rolezinhos nos shoppings centers, nem o descredenciamento tardio da Gama Filho e da UniverCidade e nem mesmo essa liquidação geral do país a R$ 1,99 anunciada pela presidente Dilma no Fórum de Davos... O fato mais importante, acho eu, foram as declarações de Gillberto Carvalho feitas em Porto Alegre a respeito dos movimentos de protesto que ocorreram no Brasil em 2013: "Fizemos tanto por essa gente e agora eles se levantam contra nós...", disse o ministro-chefe das Secretaria Geral da Presidência da República (leia aqui a íntegra a notícia publicada pelo Estadão).

O desabafo - se puder ser interpretada assim a fala de Carvalho - é revelador: mostra que o homem que ocupa uma das posições mais importantes nos governos Lula e Dilma não é capaz de compreender que direitos sociais não são benesses paternais para as quais os cidadãos devem apenas reverência e reconhecimento, como apadrinhados dos coronéis. Ao dizer o que disse, o ministro dá mostra de uma visão senhorial do poder e a pior face de uma contrafação populista que nem mesmo Getúlio Vargas traduziu. 

É uma pena...
______________________________ 

Nenhum comentário: