quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Escócia

Uma Escócia britânica e europeia...
Não vejo com nenhuma simpatia movimentos separatistas que se inspiram em nacionalismos étnicos e/ou culturais. Invariavelmente, são conservadores e autoritários; em alguns casos, fratricidas... Quem é que não se lembra das tragédias que a autonomia da Sérvia provocou na Europa?

Mas eu não conseguiria tratar esse assunto da forma simples e contundente como Veríssimo o faz na sua coluna de hoje. Reproduzo o texto aqui e me dou por satisfeito.

E ainda sugiro a leitura de Três hurras para a Escócia, de Mário Vargas Llosa, publicado no El País.
______________________________

Nenhum comentário: