quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Cachimbo, boca torta, privilégio, carnaval e... crise

O encanto do Carnaval, a insinuação que cerca todos os movimentos, nos põem num estado de suspensão e de euforia que consagra os desmandos das elites - talvez o valor universal por excelência do capitalismo brasileiro 
Dia desses li em algum lugar a definição que um cronista ofereceu para a iminência do colapso que a falta absoluta de água pode provocar em São Paulo. Com o saco cheio de tanta incompetência demonstrada pelo governo do estado, pela Sabesp e pelos hábitos da população, o jornalista decretou: "volume morto somos todos nós". É radical, mas tem lógica, tal é o estado de descontrole em que a sociedade brasileira vive mergulhada (continue a leitura)
______________________________

Nenhum comentário: