domingo, 29 de março de 2015

Taxar o grande capital, os bancos e as grandes fortunas

O Estadão diz em matéria publicada hoje que "85% do esforço fiscal anunciado até agora sai do bolso dos brasileiros". Eis aí a síntese de toda a lógica perversa desse modelo de austeridade neoliberal que a presidente Dilma resolveu por em prática no seu 2o. mandato. 

Já os empresários, parasitas como são, continuam gozando dos estímulos do BNDES e das desonerações; os bancos, do despoliciamento do setor financeiro; as grandes fortunas, das isenções cartoriais. 

______________________________

Nenhum comentário: