terça-feira, 7 de abril de 2015

A maior fraude praticada contra a educação superior no Brasil

O gráfico publicado na edição de ontem da Folha como ilustração de uma das três matérias expõe de forma contundente o esquema de repasse de dinheiro para a facção das empresas que negociam diplomas no mercado da educação nacional.

Os números falam por si, mas nunca é demais enfatizar: "instituições" que prestam um desserviço ao ensino e à pesquisa (algumas de perfil financeiro internacional) sustentadas de forma vergonhosa com dinheiro público, um escândalo que transformou o Estado em refém de interesses privados e estudantes em vítimas de um engodo.

Difícil imaginar que esse quadro não envergonhe as autoridades ligadas ao setor. Perto dessa burla contra os interesses nacionais, os casos da operação Lava Jato ficam parecendo coisa de batedores de carteira e de punguistas de subúrbio. Golpe que mereça mesmo a distinção desse nome é o praticado com o financiamento das "escolas" particulares, esse sim...

Ps1: A matéria da Folha veio acompanhada de outras duas. Sugiro a leitura: * Universidades planejam cortes e até cursinho contra a crise do Fies * Grupos vão propor novo modelo de financiamento estudantil ao MEC.

Ps2: Leia também * Malogros educacionais, de Maria Sylvia Carvalho Franco (Aliás).
______________________________

Nenhum comentário: