terça-feira, 26 de abril de 2016

Fábio Konder Comparato: processo do impeachment foi inteiramente forjado

Em entrevista dada ao portal do Instituto Humanitas Unisinos, o jurista afirma que "o presidente da Câmara dos Deputados e seus auxiliares forjaram grosseiramente a existência de um crise de responsabilidade da Presidente Dilma Rousseff". Frente a isso, ainda que o processo seja de responsabilidade da Câmara, o STF não pode se manter indiferente à sua ilegalidade.

Para o jurista, a artificialidade do processo tem como causa a postura irredutível das elites brasileiras em aceitar a democratização social da chefia do executivo ocorrida com as eleições de 2002. Na interpretação possível das palavras de Comparato, data de então o processo de conspiração que agora atinge seu auge - facilitado pela crise econômica vivida pelo Brasil nos últimos anos. Leia aqui a entrevista de Comparato.

Leia ainda: Brasil está se despedindo da política praticada nos últimos 80 anos. Entrevista com Luiz Wernek Viana, também publicada no portal IHU.
______________________________

Nenhum comentário: