domingo, 17 de abril de 2016

O que a vida quer da gente é coragem...

Esse mundo é meu... 
mas demora a chegar
(Riobaldo, 
Grande Sertão)
Todo caminho da gente é resvaloso.
Mas também, cair não prejudica demais.
A gente levanta, a gente sobe, a gente volta!
O correr da vida embrulha tudo, a vida é assim:
Esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa,
Sossega e depois desinquieta.
O que ela quer da gente é coragem. 
Ser capaz de ficar alegre e mais alegre no meio da alegria.
E ainda mais alegre no meio da tristeza
(Guimarães Rosa)

Fiquei meio envergonhado da nossa Câmara. Essa mesma Câmara que já foi palco de momentos gloriosos de resistência e que agora se ajoelha naquelas cenas de submissão ao poder corrupto e cínico de Paulo Skaf, Eduardo Cunha e a Michel Temer. Se vivos fossem, Ulisses Guimarães, Tancredo Neves, Mário Covas, Márcio Moreira Alves, estariam constrangidos pelo apagamento de sua memória.

Tem nada não... a História é mais velha e mais experiente: sempre é dela a última palavra. Vamos para as ruas e para o Senado. O golpe não passará.

Enquanto isso, análises, reflexões e tudo o que for preciso para entender a dimensão de um país incompleto.

____________________

2 comentários:

Renan Marchesini disse...

http://levante.org.br/blog/?p=958

Renan Marchesini disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.