domingo, 1 de maio de 2016

Salários, direitos trabalhistas e direitos sociais: os alvos principais dos golpistas. Assista.

O gráfico que é mostrado no vídeo retrata a evolução do salário mínimo entre o fim da ditadura militar e 2016. A curva ascensional, ininterrupta a partir de 2003 quando Lula chega ao governo, comprova uma política sistemática de transferência de renda das elites para os setores populares - o que alimentou (entre outras causas) a expansão do mercado consumidor interno e a fase virtuosa do crescimento da economia nacional. O movimento é ascensional mesmo depois de explodir a crise de 2008.

Neste 1o. de maio, nada melhor do que observar esses dados e perceber que reside aí, nessa paulatina mudança de perfil da pirâmide da distribuição da renda nacional, um dos incômodos insuportáveis para os golpistas: deter esse processo, reduzir o espaço de construção do arcabouço jurídico que protege o trabalho e as várias demandas sociais, é este o verdadeiro e principal objetivo do movimento que quer derrubar Dilma.

Assista ao vídeo Por que eles querem tomar o poder, disponível também na matéria do site Jornalistas Livres, e acompanhe a explicação que o economista César Locatelli dá para a importância do salário mínimo no contexto econômico e porque o seu aumento deixa os empresários putos da vida (continue a leitura desta postagem).
______________________________

Nenhum comentário: