terça-feira, 24 de maio de 2016

Temer cometeu crime contra os princípios democráticos da Constituição: deve ser afastado e preso

Pelo menos para mim, depois de ler inúmeras vezes a transcrição da fita sobre o verdadeiro confiteor entre Romero Jucá e Sérgio Machado, não há nenhuma dúvida de que o agora (felizmente) ex-ministro do Planejamento revelou uma conspiração contra o Estado Democrático de Direito nos dias que antecederam o fatídico (e vergonhoso) 17 de abril, data da votação na Câmara pelo prosseguimento do golpe contra a presidente eleita Dilma Rousseff. 

Penso que o fato é o mais grave de todos os que vieram a público desde que o verdadeiro caráter da conspiração contra Dilma começou a se evidenciar. Jucá, do alto da sua prepotência, mas também feito um estúpido que se arroga poderes que não tem, revela um complexo de interesses envolvidos no golpe que se espalham por toda a cúpula que hoje ocupa o Palácio do Planalto, inclusive o conluio de Michel Temer, que eu acusaria de ter o domínio do fato, o que o levaria à prisão junto com Jucá.

No entanto, o mais delicado de tudo quanto existe na gravação da fala de Romero Jucá é a referência aos entendimento havidos com o Exército no sentido de assegurar a repressão aos movimentos anti-golpistas e pró-Dilma. Quem teria sido o interlocutor de Jucá? Na entrevista que o agora ex-ministro deu para anunciar que "não devo nada a ninguém" e pousar de Rasputin com aquela história "fico, se Temer quiser que eu fique", os jornalistas parecem ter perdido a noção do que estava acontecendo: não indagaram sobre a conspiração com o STF, não aprofundaram as referências sobre o garoto Aécio, não quiseram saber o que significa o "acaba tudo" dito por Sérgio Machado ao referir-se ao bloqueio da Lava Jato... mas deixar passar batida a hipótese de que houve um apelo ao Exército para que a tropa caísse de pau sobre os opositores do golpe... é muita falta de fibra.

Pior para a sociedade. Quer dizer que, passados 32 anos da redemocratização e 28 anos da Constituição, não temos ainda uma consciência democrática suficientemente consolidada para que um pulha como esse Romero Jucá se julgue de mãos livres para ir lá, com o rabo no meio das pernas, pedir ajuda ao Exército? Sei não... tem mais coisa por aí...

Leituras sugeridas: * A solução mais fácil era botar o Michel: os trechos principais da conversa entre os dois bandidos (El País) * O general de Temer rejeita a Comissão da Verdade (Outras Palavras) * Tropa de Choque reprime violentamente Ocupação Temer (Midia Ninja) * Juca continuará ajudando o governo e forma decisiva (Estadão) * Gilmar Mendes e "o esquema do Aécio" (Blog do Miro) * Gilmar Mendes não vê obstrução por Jucá no curso da Lava Jato (Folha).
______________________________

Nenhum comentário: