segunda-feira, 23 de maio de 2016

Temer e Cunha, um "espúrio contubérnio". Lembram dessa?

Que gente é essa? O Brasil não merece...
Acho que foi o Coronel Jarbas Passarinho, ministro na ditadura militar, quem introduziu a expressão no vocabulário da política brasileira. É uma definição gongórica para apontar uma relação ilegítima e imoral entre duas ou mais pessoas. Nem me lembro mais do fato que motivou a retórica de Passarinho, mas dos anos 70 para cá, ela foi sendo estendida a diversas situações que representam alianças políticas oportunistas e corruptas. É bem o caso dessa evidente associação ilícita entre Temer e Cunha que transformou o Brasil num pais de negociatas, que vive no marco do desrespeito à Constituição e nas mãos de gente ruim, de mau caráter, marginais da cidadania e vergonha da nacionalidade. Espúrio contubérnio é isso. Nem o mais safado dos golpistas imaginaria que a conspiração contra Dilma teria esse resultado.

______________________________

Nenhum comentário: