quinta-feira, 2 de junho de 2016

Boaventura de Sousa Santos: contra o golpe

Defesa de Dilma no Senado comprova tese de
Boaventura S. Santos: golpe parlamentar

Entrevista transcrita do blog da Boitempo

A luta pela democracia é o que une as esquerdas atualmente, e só essa união e mobilização popular podem reverter o golpe parlamentar no Brasil. Esta é a avaliação do filósofo e sociólogo português Boaventura de Sousa Santos que, em entrevista exclusiva conduzida pelo Movimento Democrático 18 de Março (MD18) e a Universidade Federal do Pará, fez uma análise precisa da atual situação política brasileira. Boaventura desnuda o cenário do que ele chama de Golpe Parlamentar. Fala ainda da importância das lutas sociais, da influência dos Estados Unidos na política brasileira e também sobre as estratégias internacionais para combater o Golpe Parlamentar no Brasil. Neste contexto, o intelectual chama a atenção para a criação de uma grande frente internacional contra a política imperialista americana que, na sua leitura, está em franca ofensiva contra os países que compõem o BRICS. Membro ativo do Fórum Social Mundial, Boaventura destaca a resistência popular que toma as ruas do Brasil como a última trincheira da democracia e faz um apelo para que movimentos sociais mantenham-se ativos e as ruas continuem ocupadas. Mesmo num cenário catastrófico e desolador, seu pensamento pulsante e potente contorna todo o pessimismo (continue a leitura).

Esta conversa, conduzida por Kalynka Cruz-Stefani, Professora de Comunicação da Universidade Federal do Pará, Doutoranda em Sociologia pela École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS) e Maria Fernanda Novo dos Santos Doutoranda em Filosofia pela UNICAMP com estágio na Universidade Paris X, dá sequência à série de entrevistas do MD18 com grandes intelectuais de esquerda publicadas no Blog da Boitempo. Leia a primeira entrevista da série, com o sociólogo franco-brasileiro Michael Löwy, clicando aqui.

______________________________

Nenhum comentário: