sexta-feira, 28 de outubro de 2016

As andanças de Dilma, os estudantes e o esconderijo dos canalhas


A emoção, a indignação e a consciência da estudante Ana Júlia deveria deixar essa camarilha que usurpou o poder envergonhada do papel que desempenha

Fiquei uns bons minutos observando e lendo as cenas e a descrição do passeio que Dilma Rousseff fez em Ipanema, bairro onde mora agora com a mãe. A imagens são prosaicas e revelam que a presidente eleita vai aos poucos retornando à vida do cotidiano comum - "gente como a gente", segundo o repórter - entre a curiosidade e o respeito dos que se surpreendem com sua presença na calçada, autógrafos, selfies, cumprimentos... A pergunta é inescapável: qual desses pulhas que invadiu o Palácio do Planalto teria condições de fazer a mesma coisa? Eis aí um bom desafio para Michel Temer ou para qualquer um dos seus cúmplices, caso tivessem alguma coragem para deixar o esconderijo em que transformaram a presidência da república.

Penso que essa é a mensagem principal embutida no pronunciamento da estudante Ana Júlia Ribeiro, a corajosa altivez com que ela, mesmo trêmula, se dirige aos deputados do Paraná como se falasse ao país inteiro: "venham até aqui e procurem conhecer o que está acontecendo", como se a ocupação das escolas fosse a metáfora da ocupação do país que resiste aos desmandos e às arbitrariedades dos golpistas e daqueles que os apoiam.

Não deixe de ler: * Aqueles que votarem contra a educação estarão com suas mãos sujas por 20 anos. (Mídia Ninja) * Ana Júlia, a estudante que discursou na Assembleia (El País) * Milícias fascistas pressionar estudantes paranaenses (EstadãoA juventude brasileira encontrou seu futuro em Ana Júlia Ribeiro (ForbesAluna do PR diz que deputados "têm a mão suja de sangue" e irrita político (UOL) * Estudantes pedem diálogo e governo responde com ameaças (Intercept) * Com PEC 241, educação corre o risco de perder $ 24 bilhões anuais (GGN) * Crônica das ocupações e da luta contra a reforma do ensino médio e contra a PEC 241 (do blog).
______________________________

Nenhum comentário: