domingo, 13 de novembro de 2016

Trump e a revisão semântica do neoliberalismo

Ilustração: A charge de Amarildo, Blog do Noblat, O Globo, 13/11/16

Disse bem o blog verdades quase secretas: "Um país que elege Cunha, Bolsonaro, Doria, Alckmin, Serra, Feliciano, Holiday e Crivella não pode reclamar [nem se surpreender] de um país que elege Trump".

Para uma inquietante - e eventualmente aterradora - compreensão sobre os resultados da eleição presidencial nos Estados Unidos, sugiro acessar o clipping do blog aqui.

____________________________

Nenhum comentário: