terça-feira, 27 de junho de 2017

Chegamos lá...

‘E para mim? O que tem?’

"Nada nos destruirá"
Michel Temer: um horizonte sombrio e solitário pela frente
(o resultado acabado do poder desintegrador das elites
brasileiras lideradas por um empresariado corruptor e
corrompido)
Na denúncia contra Michel Temer por corrupção passiva, procurador-geral da República cita que executivos da JBS, Joesley Batista e Ricardo Saud, descreveram "a relação espúria mantida entre o grupo J&F e o presidente" e transcreve frase atribuída ao peemedebista (leia a íntegra da matéria do jornal O Estado de S. Paulo)

"Você está bem de corpo", diz Temer a Joesley (leia na reportagem de O Globo), em diálogo surrealista travado à margem dos crimes que ambos - e seus aliados e defensores - praticaram contra o Brasil.

"Sempre pela garagem, viu?", recomendou Temer a Joesley.  Em conversa grava pelo empresário, presidente ainda ressaltou aspecto da visita noturna do dono da JBS ao Jaburu: "não tem imprensa" (leia no Estadão)

Pena de Temer pode chegar a 12 anos de prisão e multa de R$ 10 milhões (Poder 360)
______________________________

Nenhum comentário: