sábado, 24 de junho de 2017

Rente ao chão...



A manchete do UOL pode ser lida de forma diferente. O índice significa que 93% rejeitam Temer e que em algumas regiões do país e no interior de alguns grupos de entrevistados a rejeição a esse canalha chega a 100%, o que é um recorde não só na história brasileira, mas na história de toda a humanidade, pelo menos desde quando a prática da pesquisa de opinião pública começou a ser feita. O Datafolha, no entanto, apresenta outros números igualmente significativos e humilhantes para o país: 63% querem que Temer deixe o governo; 47% têm vergonha de ser brasileiros.

O desaforo que isso representa traz para o Brasil - em todos os níveis e dimensões - um dano de grandeza geracional pois que a recuperação desse mal-estar provocado por um governo de bandidos não será possível senão depois de um longo processo de dedetização das práticas políticas que chegaram aonde estão desde o golpe contra a presidente eleita Dilma Rousseff.

Minha impressão é a de que, com a divulgação da pesquisa, impõe-se um amplo movimento de protestos que ocupe o Brasil e que faça com que o setores parlamentares que ainda apoiam Temer o abandonem, da mesma forma que a mídia e os empresários que ainda conservam alguma dignidade e compromisso com os valores éticos do país.
______________________________

Nenhum comentário: