sexta-feira, 21 de julho de 2017

O Brasil das elites: direitos a menos, violência social de sobra

A violência social como forma de controle atinge no Brasil a perfeição das leis e da sujeição a elas

Essa violência toda que rolou no jogo Vasco x Flamengo não é uma notícia. É um processo. Ele está em desenvolvimento no Brasil há séculos e adquire agora o formato acabado de uma ditadura do capital sobre o trabalho, da ordem unida sobre a desordem da pobreza, da supressão dos direitos sobre a dignidade do trabalho, da mentira sobre a verdade. É uma espécie de terra fértil por onde proliferam prefeitos-empresários, presidentes de federação de indústrias, parlamentares vendidos e alugados, ministros da fazenda venais, presidentes da república chicaneiros e ladrões. Essa corja toda com a qual o Brasil está se acostumando a viver sem reagir. Leiam aqui a reportagem Mulheres, crianças e imprensa: a cultura do ódio na briga de São Januário publicada no UOL e saiam às ruas. 
______________________________

Nenhum comentário: