sábado, 12 de agosto de 2017

Pra cima dele gente... esse cara é uma ameaça para o país

Desmontagem de Doria é mais rápida do
que o esperado
A violência de Doria contra qualquer direito social e o absoluto prestígio que ele oferece aos seus amigos empresários mostra o risco que significa ter Doria em qualquer lugar na gestão da República, do quarteirão da esquina à presidência. Na verdade, como todo mundo já se deu conta, o menino mimado dos jardins transformou a cidade em trampolim para suas obsessivas pretensões políticas: com exceção da Av. Brasil, cujo ajardinamento embeleza o trajeto que o leva à sua casa, São Paulo está abandonada, enquanto o prefeito que se vangloria do fato de ter sido eleito em 1o. turno (numa dessas tendências midiáticas que mistificam e vendem qualquer qualquer coisa) viaja para lá e para cá adulando o diabo se for preciso em troca do apoio à sua indicação para as eleições de 2018. Doria é um blefe... e um perigo para o país.

No mercado de Malafaia, Alckmin e Doria vendem a alma ao diabo se for preciso (leia aqui)


Leia mais sobre o crescente sentimento de indignação com a gestão de Doria: * O palhaço da burguesia paulista: Vídeo mostra Doria dançando ao som de Gilmelândia após "chuva de ovos" (Monica Bergamo, Uol) * Doria usa 'ovada' para ação de marketing com produtora de ovos (Folha) * Estudantes e movimentos sociais cobram debate sobre privatizações em São Paulo (El País) * Frente à doçura e dignidade de Suplicy, o cinismo de Doria (Estadão) * O pequeno prefeito de São Paulo na sua verdadeira dimensão (do blog).
______________________________

Nenhum comentário: