quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Fim indigno...

"(...) chegamos ao extremo do absurdo: o menos pior para o Brasil consiste na inatividade, na não ação dos três poderes de uma República destroçada. A tarefa que resta, e que será longa, é a de construir algo novo sobre os escombros que sobraram. Será longa porque temos personagens públicas, nos três poderes, sem virtudes e um povo incapaz de exercer, com coragem, o seu direito à indignação" (Leia o texto integra do artigo O fim sem dignidade de um governo, de Aldo Fornazieri, publicado pelo Estadão).
______________________________

Nenhum comentário: