terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Chile: harmonia constitucional e conflito

Situação política do Chile às vésperas do 2o. turno (17/12) dá inveja: compromisso programático dos partidos de esquerda e direita, cada um à sua maneira, com os olhos postos no social como traço de distinção das práticas discursivas, preserva institucionalidade dos antagonismos e demonstra, até onde percebo, maturidade da sociedade civil.
Leia aqui a entrevista com Rodrigo Karmy publicada no site do IHU
E ainda: * O fator da nova esquerda na reta final da eleição presidencial do Chile (El País)
______________________________

Nenhum comentário: