quarta-feira, 30 de maio de 2018

Nenhum direito a menos

Professores ocupam as ruas e donos de escolas atendem exigências da categoria

Mais de 3000 professores em defesa de seus direitos

Vista parcial da assembleia de professores das escolas particulares de SP realizada ontem:
mobilização massiva em defesa da convenção coletiva pode ter levado movimento à vitória. Na hipótese de que os empresários não assinem proposta construída entre o sindicato patronal e o SINPRO-SP, greve pode ser deflagrada na próxima semana 
(leia mais).


Outras matérias: * Professores de São Paulo aprovam proposta para acordo (Extra-classe)  * 102 escolas privadas param e sindicato já admite manter benefício de professores (Estadão) * Professores da rede privada aprovam manutenção de benefícios por um ano (FolhaProfessores fazem manifestação na Paulista (Globo) * Professores aprovam proposta e agradecem apoio da comunidade (Sinpro-MG).
______________________________

Nenhum comentário: