segunda-feira, 18 de junho de 2018

Copa do Mundo: Viva o erro!

Mistura de tecnologia com imediatismo pode corromper a essência do futebol  (El País)

Sou contra, digo desde logo. Leigo nas armadilhas técnicas do futebol, apreciador distante dos jogos e torneios, ainda que torcedor do Corinthianstomo a liberdade de contestar a frágil ideia de eficácia e a ilusão de Justiça que a tecnologia VAR promete. Na essência da questão está um determinismo que desfaz o imprevisível - e a insegurança e os erros do árbitro são parte desse imprevisível. Conversa fiada sobre "os tempos são outros"... Reúno abaixo 4 bons textos (3 do El País e 1 do Outras Palavras) que alimentam sérias dúvidas sobre a escolha feita pela FIFA - se é que foi a FIFA quem fez a escolha: a essência do futebol não é a sua desumanização. Para isso existem os vide-games.

O mundo cibernético imaginado por Lefebvre é ideológico...
(referido por Rubem Alves)

______________________________

Nenhum comentário: