segunda-feira, 25 de junho de 2018

O império em decomposição

Trump está disposto a deportar imigrantes sem processo legal, aos tapas. Se possível, em sacos plásticos numerados. O presidente dos EUA é um psicopata... 
Até quando os republicanos vão aturá-lo? (DW) * A lucrativa indústria da detenção de imigrantes nos EUA (BBC)
A violência do facínora Donald Trump contra os imigrantes não revela força; revela estado de fragilidade diante da ameaça que a pobreza representa, no mundo inteiro, para a estabilidade das instituições que provocam a maior fratura social que o capitalismo pode construir. Na Itália, na Turquia, na Hungria, na Alemanha, as práticas segregadas, em maior ou menor grau, jogam o planeta numa crise humanitária muito maior do que aquela decorrente da II Guerra. Esta geração vai ter tempo de assistir à derrocada dos impérios fundados na opressão do Homem. Leia aqui o texto da matéria de Anna Lombardi originalmente publicada no La Reppublica e divulgada no Brasil pelo site IHU, versão que o blog copia integralmente nesta postagem.

As repulsivas reações do Brasil diante da mais nova crueldade de Trump

A vilania cometida por Trump contra crianças e imigrantes, embora condenada no mundo todo, não foi suficiente para que Temer e Aloysio Nunes se dignassem a se manifestar, nem ao menos para ponderar sobre a necessidade de que a elementar lei de respeito à vida fosse levada em conta pelo psicopata que governa os Estados Unidos. Do Brasil dos golpistas não se pode esperar nenhuma dignidade (leia aqui a matéria do The Intercept sobre o assunto)
______________________________

Nenhum comentário: