terça-feira, 24 de julho de 2018

Para entender a crise brasileira

A questão no Brasil não é esquerda ou direita , diz Manuel Castells

Caio Sartori
Estadão, via IHU

Em entrevista concedida ao portal do Instituto Humanitas Unisinos, o sociólogo catalão insere a crise brasileira no arco das ameaças que a representação política sofre no mundo todo: o que põe em risco a democracia no Brasil é a formação de uma coalizão neoautoriatária de inspiração internacional que encontra respaldo de interesses econômicos internos. A julgar pela análise de Castells, a saída para a crise brasileira é a formação de um bloco social-democrata que resgate os direitos sociais suprimidos pelo golpe do impeachment e a recomposição da plena vigência constitucional. Leia aqui a íntegra da entrevista.

Leia ainda: * Eleger presidente autoritário é risco à democracia (Steven Levvitsky, Estadão, via IHU) * A Lava Jato e o fascismo (Marcia Tiburi, Outras Palavras) * PCdoB conclama esquerda a se unir já no 1o. turno (Brasil 247)
______________________________

Nenhum comentário: