quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Vargas, Lula e o Brasil

Getúlio Vargas continua sendo a referência de um projeto para o Brasil: desenvolvimento, soberania e justiça social,  os três paradigmas que nossa burguesia atrasada e fascistóide estigmatiza e combate. É essa a linha divisória das eleições que se realizam este ano.

Do varguismo ao lulismo e a carência de projetos políticos para o país

Entrevista com Alessandro Batistella (João Vitor Santos e Patrícia Fachin)
Instituto Humanitas Unisinos.

Como a experiência dos governos Vargas poderia inspirar a reinvenção da política e quais são os reflexos do varguismo no trabalhismo e nas eleições brasileiras deste ano? É “difícil responder” a essas questões, porque os contextos políticos históricos do Brasilnesses dois momentos são “muito diferentes”, mas o fato é que “estamos carentes de projetos políticos para o país”, afirma o historiador Alessandro Batistella, que estará no Instituto Humanitas Unisinos - IHU hoje (23/8), ministrando a palestra “O varguismo e seus reflexos no trabalhismo e na eleição brasileira de 2018” (continue a leitura)
______________________________

Nenhum comentário: