terça-feira, 23 de outubro de 2018

O comunista eterno

Discurso de 'eliminar adversário' deveria deixar país alerta, dizem estudiosos de genocídios


Cena do filme O judeu eterno usado como propaganda para o programa "solução final" voltado ao extermínio de judeus na Alemanha Nazista

No último domingo (21), diante de uma multidão na avenida Paulista, o candidato à Presidência da República, Jair  Bolsonaro (PSL), falou por meio de um telão seus planos para parte da oposição, caso eleito. "Esses marginais vermelhos serão banidos de nossa pátria", disse. Pouco antes, o capitão da reserva havia falado também em limpeza: "A faxina agora será muito mais ampla. Essa turma, se quiser ficar aqui, vai ter que se colocar sob a lei de todos nós. Ou vão para fora, ou vão para a cadeia" (continue a leitura).

Leia também: * Bolsonaro Promete limpeza (PiauíTem bolsonarista querendo uma noite dos cristais (The Intercept) * Bolsonaro quer resgatar educação moral e cívica no currículo das escolas (Folha) * Mentores culturais de Bolsonaro ensaiam perseguição à arte degenerada (Carta Capital) * Criminalização do ativismo enfraquece a democracia (Carta Capital) * Depois do teatro de sombras, Brasil precisa se reinventar (Luiz Werneck Vianna, IHU) * É urgente radicalizar o experimento democrático (IHU).
______________________________

Nenhum comentário: