segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

Na fronteira entre a hipocrisia e a ajuda humanitária: onde termina Gaza e onde começa Brumadinho?

Destruição provocada em Gaza por bombas israelenses

__________

Avião com soldados israelenses aterrissa em Minas Gerais

O avião com 136 soldados de Jerusalém, em Israel, pousou na noite deste domingo, 27, no Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte. Segundo o governo, são 30 mulheres e 106 homens. Os militares vão ajudar nas buscas em Brumadinho (MG). Eles trazem equipamentos que pesam cerca de 16 toneladas.

Segundo o tenente-coronel e chefe de comunicação da Força de Defesa de Israel, Jonathan Conricus, a delegação deve ficar por uma semana e terá como foco "procurar sobreviventes" (continue a leitura)

Israelenses chegam

Destruição de Brumadinho: natureza predatória do
capital é a mesma, qualquer que seja sua roupagem

Mais de 130 soldados e oficiais das Forças de Defesa de Israel (FDI) desembarcam nas próximas horas no Aeroporto Internacional de Confins, em Belo Horizonte, de onde seguirão para as proximidades de Brumadinho (MG). Em nota divulgada neste domingo 27, o Exército israelense afirmou que o principal objetivo da delegação é localizar e resgatar pessoas desaparecidas na região, onde o número de mortos soterrados pela lama já chega a 37 


O comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, coronel Edgard Estevo, destacou que os militares vindos de Israel atuarão junto com os Bombeiros que estão mobilizados desde o rompimento da barragem. "Vamos dividir a área atingida para somar forças, unindo as que já estão atuando atualmente, com essas que estão chegando. Será um trabalho totalmente integrado", pontuou. Informações sobre as condições do terreno, além de números atualizados sobre resgates, desaparecidos e mortos foram repassadas aos israelenses (continue a leitura).


______________________________

Nenhum comentário: