domingo, 13 de outubro de 2019

O golpe que vendeu o Brasil

Alcântara, acordo indigno

Roberto Amaral
Outras Palavras

Em dias, Congresso votará cessão da 
Base de Lançamentos aos EUA. 
Tratado bloqueia desenvolvimento tecnológico do país, impede-o de buscar certos parceiros permite que Washington arrmazene, no MA, até mesmo armas nucleares e químicas (continue a leitura)

É a sequência de medidas de natureza política e econômica que talvez explique, mais do que qualquer outra coisa, os objetivos estratégicos que os ultraliberais do mundo todo (sempre em conluio com seus testas-de-ferro brasileiros) traçaram para si no âmbito da grande conspiração contra a democracia nacional. Na essência, o propósito de ferir a soberania brasileira sob o argumento da inserção do país na globalização graças à simpatia que a total desregulamentação econômica, social e trabalhista despertaria nos investidores. Uma mentira deslavada - confirmada agora com a facada de Trump nas costas de seu boneco, Jair Bolsonaro, abandonando a pretensão de ingresso na OCDE. O Brasil é hoje uma nação abjeta...

______________________________

Nenhum comentário: