segunda-feira, 19 de outubro de 2020

O fantoche do imperialismo

"Brasil trabalhou separado dos EUA para derrubar Allende"

Chile, 11 de setembro de 1973: Salvador Allende enfrenta golpistas durante bombardeio do Palácio La Moneda, em Santiago
Entrevista com pesquisador Peter Kornbluh, do Arquivo de Segurança Nacional dos EUA, comprova que militares brasileiros, em atitude de subserviência, tornaram-se instrumento do imperialismo dos Estados Unidos e agiram deliberadamente contra a soberania do Chile. Episódio, que marcou um dos golpes de estado mais sangrentos da América Latina, mostra que a ideologia totalitária que domina as forças armadas brasileiras não é nova nem exclusiva de Bolsonaro, mas processo estruturado que deixa nosso país marginalizado no cenário internacional. Leia aqui a íntegra da matéria do Estadão.

Outras postagens do blog sobre o tema: * Bolsonaro no Chile - apologia à ditadura * Chile, 11 de setembro.
______________________________

Nenhum comentário: