quinta-feira, 21 de outubro de 2021

Elite brasileira come o pão que o diabo amassou

Teto dos gastos, Bolsonaro e pobreza: a armadilha neoliberal

Em nome da proteção ao capital e em defesa da concentração da renda, burguesia brasileira inventou a saída depressiva para a economia: cortar investimentos sociais, colocar na guarita um cão fascista estúpido que a defendesse e caprichar no desmantelamento das condições de vida do povo. O resultado é o que está aí: um país falido, desorganizado e sem rumo.
Luiz Gonzaga Belluzzo
Entrevista concedida do IHU

"Tenho visto pessoas passando fome e isso não tem nenhuma razão para ocorrer a não ser a estupidez do teto de gastos e o reacionarismo das elites brasileiras" (leia a entrevista completa aqui).


Nenhum comentário: