sábado, 5 de março de 2022

O lixo que se acumula na margem direita

ARTHUR DO VAL (Mamãe falei): "MULHER UCRANIANA É FÁCIL PORQUE É POBRE"

Escória

Nas imagens, o abjeto círculo de aliados de Arthur do Val, de Bolsonaro a Doria, de Kataguiri e Sérgio Moro, um imenso esgoto que envergonha o país. Fora com essa gente!


(Do UOL) "Em uma série de áudios gravados hoje (4 de março) e enviados a um grupo de amigos no Whatsapp, o deputado estadual e pré-candidato ao governo de São Paulo Arthur do Val (Podemos-SP), que afirmou estar fazendo coquetéis molotov na guerra da Ucrânia, descreve suas impressões sobre as mulheres do país e, em um dos trechos, afirma que elas "são fáceis, porque são pobres". "Eu estou mal, eu passei agora por quatro barreiras alfandegárias, são duas casinhas em cada país. Eu juro para vocês, eu contei, foram 12 policiais deusas, que você casa e faz tudo o que ela quiser (...)", afirma o deputado nos áudios, que foram revelados pelo site Metrópoles, e aos quais o UOL também teve acesso. A reportagem confirmou a autenticidade da gravação" (leia mais).


* Segundo clichê: Arthur do Val decide renunciar (Uol) * Os atos conclusivos do enterro de um canalha: cena 1, cena 2, cena 3 (Uol) * Confissões de uma mulher dentro do MBL (Débora Lopes, Intercept) * Arthur do Val: a verdade íntima obscena (Christian Dunker, Uol) * Carta para Arthur do Val: a condição feminina na guerra e na paz (Jamil Chade, Uol) * Acompanhe aqui a repercussão das declarações de Arthur do Val no clipping do Google News * O 'macho' sem nenhum caráter: "foi um momento de empolgação" (Uol) * A abjeta posição do MBL (Uol) * Renan Santos, do MBL, entra em pânico (Congresso em foco)

Nenhum comentário: