quarta-feira, 8 de junho de 2022

Um dia para comemorar

Em pânico, Bolsonaro atira para todo lado

Bolsonaro e seus cúmplices de toga, de farda e de terno e gravata amargaram ontem uma saraivada histórica de derrotas. A reação foi o destempero e, ao que tudo indica, a confusão mental dessa turma. Mas convém não baixar a guarda na resistência democrática porque vem por aí mais ataques à democracia e às eleições

Atualização: em menos de 24 horas, o cenário político se alterou rapidamente e não é exagero supor que o esgarçamento institucional e o isolamento desse marginal chamado Bolsonaro pode levar a uma ruptura institucional dramática. Os dados estão nessa antologia abaixo na qual procuro registrar os sintomas de descontrole que explicam o ataque de fúria de ontem:

O país mais miserável do mundo

Nenhum comentário: