Desafios das TICs

No grafite de Banksy, vigilância de todas as formas e por toda parte


* O novo estado da vigilância global (Ignacio Ramonet) 


* Hegemon: o Estado corroído (IHU).

A emergência dos piratas nas redes do capitalismo internacional (Rodrigo Saturnino, Contracampo).


* Convergência e conexão são o que impulsiona a mídia agora (entrevista com Henry Jenkins)

Proibição do WhatsApp provoca pânico no país (Folha).

* A última dos Deputados: controlar a internet (Jonas Valente, Outras Mídias)

* Exigir permissão de uso de conteúdo não faz sentido no mundo digital (Creative Commons).

* A internet organizou a imbecilidade pela primeira vez (Javier Marías).


Apple versus FBI, o impasse do Estado ilegítimo (Outras Palavras).

* O novo estado da vigilância global (Ignacio Ramonet)

* A grande aceleração e o campo comunicacional (Lúcia Santaella, Intexto)

* Para subverter o capitalismo de compartilhamento (Outras Palavras)

Estamos entrando na 3a fase da internet (Carlos Moedas).

Exigir permissão de uso de conteúdo não faz sentido no mundo digital (Creative Commons).


* Após Snowden: repensando o impacto da vigilância (Eco-Pós)

* Governamentalidade algorítmica e perspectivas de emancipação (Eco-Pós)

* Para uma internet política das subjetivações (Eco-Pós)

* Vigilância e políticas de privacidade na sociedade pós-cookie: o caso do The Guardian (Eco-Pós)

* Controle social, do Grande Irmão ao Big Data (Ignácio Ramonet).

A internet organizou a imbecilidade pela primeira vez (Javier Marías).

* A louca lógica do capitalismo: vigiar internautas para conhecer seus desejos (Outras Palavras).

Castells: o poder na ponta de uma antena (Outras Mídias).

Internet: mundo infinito ou condomínio fechado (Outras Mídias).
__________


O grau zero do conteúdo (Valor).


Nativos digitais (Carlos Eduardo Lins da Silva)

Celulares, máquinas da solidão (Outras Mídias)

☛ Três bons artigos da Revista Z, da UFRJ: 


1. A etnografia, o ciberespaço e algumas caixas pretas 


2. O consumo de smartphone entre jovens de camadas populares 


3. A antropologia digital é o melhor caminho para entender a sociedade moderna

______________________________

A cultura do estupro no ciberespaço (Contemporânea).


A expansão das gangues digitais (El País).


* Congresso ameaça quebrar sigilo da internet (Outras Palavras).

* A louca lógica do capitalismo: vigiar internautas para conhecer seus desejos (Outras Palavras)


* Disrupção tecnológica (Invação Tecnológica)


* O facebook mudou o mundo para sempre (CartaCapital)


* A atualidade chocante de Admirável Mundo Novo (Ignacio Ramonet).


* Castells: o poder na ponta de uma antena (Outras Mídias)


* Internet: mundo infinito ou condomínio fechado (Outras Mídias).

* O que acontece com os nossos dados na internet? (El País). Leia também sobre o mesmo assunto: Facebook planeja discriminação colaborativa (Outras Palavras).

Discriminação digital: seus dados a serviço dos bancos (Outras Palavras).

* Por publicidade, sites descobrem tudo a seu respeito (Pollyana Ferrari, Folha).

* Algumas coisas que vc precisa saber sobre o facebook (no blog).

* Internet: a sombra de um grande retrocesso (Outras Palavras).

* A internet ameaçada (Manuel Castells, via Outras Palavras).

* Um mundo unificado sob os padrões da mídia e da publicidade (Estadão).

* O retorno de George Orwell (Outras Palavras).

* O mundo orwelliano da NSA (Outras Palavras).


* A sociedade aberta avança (El País)


* Entramos na nave do facebook (El País)


* Desafio é preservar direitos humanos e privacidade (El País)


* Internet brasileira reage ao plano do facebook de oferecer acesso à web (El País)


* O facebook ensaia a manipulação das mentes? (Outras Palavras)


O fim da inocência (Estadão)

______________________________

El poder de las redes sociales (La Vanguardia, Barcelona)

* A inquietante insuficiência humana diante da técnica (Umberto Galimberti) 


* A essência da técnica não é nada técnico (Janine Ribeiro)


* Um mundo unificado sob os mesmos padrões midiáticos e publicitários: a Pangaea (Estadão)


* A tecnologia aumento o interesse dos jovens pela Literatura (El País)


* Secret: entre as redes sociais e a rede de intrigas (Estadão)


* Justiça suspende o Secret no Brasil (Estadão)


Contra a Amazon (El País)


Internet: história e desafios do presente na entrevista de Demi Getschko (Pesquisa Fapesp)

* Retrato de uma juventude. Maffesoli fala ao Estado sobre o que pensa da geração selfie.


* E se o pós-capitalismo estiver começando? (Outras Palavras)


Como construir o pós-capitalismo? (Outras Palavras)

O mundo orwelliano da NSA (Outras Palavras)

* Manuel Castells: "Defender a liberdade na internet é a base para defender a liberdade": entrevista que o professor catalão concedeu a Francisco Guaita, da RT-TV.

* Epidemia oculta: podemos dizer que a internet cumpriu a promessa anômica da televisão? Artigo de Lee Siegel (Estadão).

* É como se fôssemos aplicativos iguais aos que usamos. Resenha do livro "Bem-vindo ao futuro", sobre o totalitarismo cibernético (Valor Econômico).
__________

* Net ativismo. De uma política antropocêntrica à lógica virtual plural. Entrevista com Massimo De Felice (IHU)

______________________________


Os estudos de Comunicação atravessam uma época difícil e contraditória. Talvez seja essa a marca de seu melhor desenvolvimento, mas pode ser que seja também o resultado de um abandono não proposital, ainda que confortável, da perspectiva interdisciplinar que eles devem ter. Leia a íntegra do paper de minha autoria apresentado ao Congresso de Produção Científica da Umesp, outubro de 2009.
_____

A internet deve se tornar invisível. Entrevista com Steve Crocker (Estadão, via Observatório da Imprensa)


Como a internet livre está ameaçada entre nós. Entrevista com Sérgio Amadeu publicada no site Outras Mídias.

A tentação do Google. Editorial do Presseurop sobre o papel do site de buscas em toda a rede.


Stop Sopa. A luta pela internet livre (Outras Palavras). Saiba mais sobre os projetos restritivos que estão sendo discutidos nos EUA nesta matéria do suplemento Link, do Estadão.


E o direito ao esquecimento? O jornal italiano
La Repubblica discute a proteção dos dados pessoais da intromissão virtual da rede (via Presseurop).

______________________________

➥ Três artigos sobre as relações entre internet e poder:


O mito da tecnologia fora de controle. Leia aqui a entrevista com Langdon Winner publicada no site do Cultura Digital.


E-coronelismo: considerações sobre o poder da mídia e a mídia do poderArtigo de José Cristian Góes, publicado no site Eptic.


* A internet muda os paradigmas da relação entre comunicação e poder. Entrevista com Manuel Castells feita por Juan Cruz (Instituto Humanitas Unisinos).

______________________________

McLuhan:


* A queda das nações: o destino dos sistemas sociais no novo ambiente midiático. Lance Strade (Revista da Compós).


McLuhan e o ecumenismo controlado, Gabriel Cohn  (Valor Econômico).


* Acesse  a íntegra do texto Visão, som e fúria, publicado na antologia organizada por Luiz Costa Lima, Teoria da Cultura de Massa (Rio: Paz e Terra, 1990).

______________________________

Impactos da rede:


Nasce a internet. Matéria da revista Pesquisa Fapesp sobre as origens e o desenvolvimento da rede mundial de computadores.


A intelectualidade de massas é o futuro, diz Ivana Bentes em entrevista ao Instituto Humanitas Unisinos.


Pela pirataria na internet. Artigo de Wilton Cardoso (via Outras Palavras).


* Batalha pela privacidade: União Europeia x Facebook. Leia aqui a matéria do Christian Science Monitor, de Boston (presseurop).

_____________________________

* Manuel Castells: "É só o começo".

Os meios de comunicação passaram semanas centrando sua atenção na Tunísia no Egito. As insurreições populares que se desenvolveram após o sacrifício do jovem tunisiano Mohamed Bouazizi, terminaram em poucos dias com a ditadura de Bem Ali e na sequência, como peças enfileiradas de dominó, com a “presidência” de Hosni Mubarack. Abriram-se processos democráticos em ambos os países. Manifestantes também saem às ruas árabes na Líbia, Iêmen, Argélia, Jordânia, Bahrain e Omã. Em todos esse processos, as novas tecnologias jogam um papel chave primordial ... 


Leia aqui a íntegra da entrevista que foi reproduzida no blog Outras Palavras.

______________________________

* Wikipedia:

# Dez anos de idealismo não remunerado. Artigo de Timothy Garton Ash (Estadão).


Impacto maior da Wikipedia ainda está para acontecer. Artigo de  Matt Cowan e Georgina Prodhan, no Terra Brasil.

______________________________

O Titanic da cibercultura. Artigo de Diego Viana, do Valor Online, sobre Dominique Wolton (Observatório da Imprensa).


O futuro do jornalismo digital. Entrevista com Alan Rusbridgerdo Guardian, publicada no Ecodebate.


Quem manda na internet? (Instituto Humanitas Unisinos).


Blogues assumem a contra-informação no Brasil. Entrevista com Rodrigo Viana, organizador do I Encontro Nacional de Blogueiros Progressistas (Radioagência NP).


* Big Brother Google. Artigo de Marco Mensurati e Fabio Tonacci, do jornal italiano La Repubblica (Instituto Humanitas Unisinos).


* A tecnologia espanca o conteúdo. Por Nelson Hoineff (Observatório da Imprensa).


* O uso frequente da rede de computadores pode desligar o usuário do mundo real. Matéria de Carolina Vicentin, do Correio Braziliense.


*
A superficialidade e as relações sociais na web. Entrevista com Adriana Amaral (Instituto Humanitas Unisinos).


* Toda a rede. Impacto e  perspectivas da internet na sociedade e na política (BBC Brasil).


* Comunicação e Mobilidade.  Coletânea organizada por André Lemos (UFBA) e Fábio Josgrilberg  (Umesp). Acesse o texto integral aqui.


* Mapa das redes sociais no mundo em 2009, do Infoplantão.


* Qué son los blogs y cómo dejar de confundirlos com otra cosa. José Luis Orihuela, eCuaderno, através de indicação de Elizabeth Saad, da ECA/USP. 

______________________________

Outros textos para Desafios das Tecnologias Digitais, acesse aqui. E ainda outros recolhidos no Dropbox sobre o mesmo tema em diversas pastas subtemáticas.
______________________________

➥ Licença para reproduzir postagens

Licença Creative Commons
Postagens sob licença de Creative Commons. Saiba mais
.
__________