Sindicato dos Professores de São Paulo (SINPRO-SP) conclama: 


Fora Temer, contra as reformas da Previdência e trabalhista e por eleições diretas já: greve geral no dia 30 de junho

Sociedade repudia acordo entre as elites para se manter no poder à revelia do voto popular

* Haddad defende eleição direta para presidente e mandato de cinco anos (Valor)

* Joesley Batista: Temer é o chefe da quadrilha mais perigosa do Brasil (Época) * Novas acusações de Joesley pressionam Temer em momento difícil (El País)

* Há riscos para as eleições de 2018 (Valor)

* O que significa manter Temer (Fernando Abrucio, Valor)

* FHC defende que Temer tenha grandeza de pedir eleições gerais (Valor)

* Reale Jr. anuncia desfiliação e diz que partido se desvirtuou e traiu origens (Valor) * Aécio recebe aplausos em reunião de tucanos (Estadão)

* Gestos do PSDB são moralmente indefensáveis e politicamente constrangedores (Giro 360)

* A rebelião tucana contra Temer quer minar a reforma da Previdência (El País)

* Temer na presidência é revés para o combate à corrupção no mundo, diz Transparência Internacional (IHU)

* Tem que haver eleição direta para presidente se TSE cassar Temer (Poder 360)

* Hipóteses de eleições diretas e indiretas para Presidente (Jota)

* Por que eleições diretas não são a solução (Jota)

* Eleições diretas ou indiretas? O que está por trás de cada proposta (El País)

* Maiores bancadas rejeitam proposta de eleições diretas (Folha)

* Estudo do Senado afirma que PEC da eleição direta não viola a Constituição (Jovem Pan)

* O ajuste da classe dominante (infográfico do Estadão mostra como a substituição de Temer está sendo tramada entre nomes comprometidos com políticas opressivas e anti-sociais).

Não há como sair da crise sem eleições gerais e diretas (Luiz Antonio Barbagli, SinproSp).

* Manifesto do Sindicato dos Professores de SP (leia aqui) conclama nossa categoria para a luta por eleições gerais e diretas. Avenida Paulista, domingo, 21 de maio, 15h. Vá e leve quem mais for possível. A luta é de todos.

* Moção da Congregação da FFLCH/USP sobre a crise

Como governistas e opositores veem o pós-temer (Marcos Nobre, Nexo).

Agonia brasileira pede eleições diretas e antecipadas (El País).
______________________________

Nenhum comentário: