Razões estruturais da crise brasileira


* Depois de assistir ao clip, leia o Catálogo da captura corporativa no Brasil (da Vigência)
______________________________

Parlamentarismo: uma falsa proposta de modernização (Fernando Abrucio, Valor).

* Escolhas decisivas (sobre o orçamento federal, Valor)

* Assista: Jornada DIEESE sobre a reforma trabalhista (DIEESE).

* Qual a utilidade de Temer? (Poder 360).

* Por que já não basta eleger o presidente (Outras Palavras).

* Basta! Sociólogo Layemert Garcia dos Santos diz que sociedade chegou ao limite da paciência com os desmandos de Temer e quadrilha (Brasileiros).

* Valores dos trabalhadores nas periferias de São Paulo (Fundação Perseu Abramo).

* A reversão neocolonial do Brasil (Plínio de Arruda Sampaio Jr, IHU).

* O divórcio entre os tipos de modernização (Fernando Abrucio, Valor).

Brasil não soube assimilar entrada do povo na vida política (José Murilo de Carvalho, Folha).

* Somos ingovernáveis? Reflexões sobre o presidencialismo brasileiro (Revista da Faculdade de Direito da USP).

O Brasil patrimonialista, o esgotamento e a desorientação das forças políticas (IHU).

Brasil, crise e saída não ortodoxa (Outras Palavras).

* A esquerda menosprezou a importância da democracia (Leda Paulani, IHU)

* Marcos Lisboa: as reformas afetam a grupos de interesse, não à sociedade (El País)

* Anatomia do golpe do impeachment: as pegadas americanas (Tereza Cruvinel, Blog do Alok).

* Tendências: ★ Cresce apoio a ideias próximas à esquerda, aponta Datafolha (Uol) ★ Numa sociedade pautada por medos, bandeiras da direita registram refluxo (Uol).

* Atraso: ★ Perigo: Fiesp e CNI apoiam o governo (Elio Gaspari, Folha) ★ Marxismo Cultural, fantasma da direita tacanha (Outras Palavras) ★ O Brasil na rota da direita (Valor Econômico).

* Midia turbina estado de exceção (Blog do Miro).

* O divórcio entre os tipos de modernização (Fernando Abrucio, Valor).

Tirania do Judiciário não se limita ao STF, e fraudou democracia brasileira (Poder 360).

Brasil, crise e saída não ortodoxa (Outras Palavras).

* Marcio Pochman: O passado como projeto de governo (Rede Brasil Atual).
__________



* O consórcio bandeirante dos 3 poderes (Maria Cristina Fernandes, sobre o papel do PSDB na articulação do Judiciário com o Executivo em SP, Valor)

* O assalto (José de Souza Martins sobre a estrutura da corrupção, Valor)






* Dominação financeira, o caminho ao caos (Ladislau Dowbor, Outras Palavras)




* Como acontece o milagre? (sobre a intervenção do inesperado, Christian Dunker, Boitempo)


* A revolta das elites contra a redução das desigualdades (Márcio Pochmann, Rede Brasil Atual)






* O caminho da ditadura (Mauro Iasi, Boitempo)

* A maior crise desde o fim da ditadura (Fernando Abrucio, Valor)

* Quem quebrou o Estado brasileiro (Ladislau Dowbor, Outras Palavras)

* O Brasil que queremos (antologia de Emir Sader)





Pepe Escobar analisa as origens e as razões do golpe


➤ Nova Era: ★ O golpe e a dominação burguesa no Brasil (Carlos Eduardo Martins, Boitempo).➤ Osvaldo Coggiola: * Crise do Brasil capitalista é maior do que a guinada à direita (Boitempo).


➤ O país desigual: * O gráfico da desigualdade fiscal (Outras Palavras).

➤ Tons de cinza: * O Brasil de Temer (El País).


* O país desigual: O gráfico da desigualdade fiscal (Outras Palavras).


* Profundezas do atraso brasileiro (Fernando Abrúcio, Valor)



Jessé Souza discute a marca do patrimonialismo na política brasileira





Discussão promovida pelo jornal Valor Econômico sobre o tema O Conflito Distributivo
Coordenação da mesa: Maria Cristina Fernandes
Participantes: Samuel Pessôa, Maria Hermínia Tavares de Almeida e Renato Janine Ribeiro
(vídeo copiado para a plataforma Vímeo com base em download não autorizado feito do material disponível na edição de 20 de maio de 2016 - A chance o risco de Temer)
______________________________


O Brasil na era dos esgotamentos da razão política

Entrevista com Vladimir Safatle ao site do IHU
“Estamos em um momento de triplo esgotamento: de uma era histórica, de um modelo de desenvolvimento e da esquerda brasileira”, analisa Vladimir Safatle.
Leia aqui a íntegra da entrevista
______________________________

A desideologização do PT - O colapso do lulismo

Lula e a primeira dama, D. Marisa, num momento de afago populista:
ideologia da ascensão social e do arrivismo individualista gerou conservadorismo que apunhala o PT pelas costas
 
* No Prouni, pistas para compreender o Lulismo (matéria do site Outras Palavras). 

* Sobre o mesmo tema: A esquerda optou pela obsolescência da transformação social e se rendeu à ideia de que as coisas são feitas aqui e agora (entrevista com Henrique Costa no site do IHU).

Luiz Marques: a crise brasileira é a espuma superficial de um problema que a esquerda não quer ver (Boitempo).

* Nesta pasta, coletânea de artigos e ensaios sobre o Lulismo, todos inspirados no livro de André Singer, Os Sentidos do Lulismo.

* Nesta página, seleção de notícias que mostram como os projetos de reforma econômica - do mandato de Dilma iniciado em 2015 a Temer - estão voltados para os interesses do capital.

O Brasil profundo e irrepresentado: 




______________________________

Nenhum comentário: