sábado, 5 de setembro de 2015

Joel Rufino dos Santos (1941-2015)

Joel Rufino dos Santos: historiador ousado e professor genial
(veja aqui a matéria do G1 sobre ele)
Tenho 3 lembranças de Joel Rufino dos Santos ("Pedro Ivo"). A primeira delas: o aprendizado da versão isebiana da nossa formação através da obra História Nova do Brasil, alvo da apreensão e, se não estou enganado, de um IPM que os militares montaram contra seus autores. A segunda, já no Departamento de História da USP, quando Joel circulava entre os estudantes espalhando ao seu redor a aura da ironia fina que lhe permitia a inteligência aguda e atrevida sobre a realidade do país. A terceira, nas suas aulas do Cursinho do Grêmio (ou já terá sido no Cursinho Equipe?), repletas de alunos regulares e ouvintes que se deliciavam com a sua visão desconstrutora da nossa historiografia oficial. 
 Três situações que me dão a certeza de que Joel foi um dos responsáveis por minha orientação intelectual, cada uma delas a seu tempo, mas todas  extraordinariamente significativas.
Neste caso, talvez se aplique à minha lembrança o que ele próprio sentenciava sobre as obras de formação: o decisivo é o momento da vida em que elas aparecem...
______________________________

Nenhum comentário: