quinta-feira, 17 de março de 2016

A violência do nada: a nova direita e as paixões tristes

Entrevista com Hugo Albuquerque 
"A Nova Direita, que tem tendências mais conservadoras do que liberais, se ampla nas paixões tristes: a indignação com a violência, com a crise econômica, as frustrações pela vida insuportável nas metrópoles, as neuroses causadas por uma vida afetivamente (até mesmo sexualmente) desértica etc, afirma o jurista (continue a leitura)
* Transcrito do portal do Instituto Humanitas Unisinos
______________________________

Nenhum comentário: