terça-feira, 5 de abril de 2016

A ponte para o passado

Michel Temer se preparou a vida toda para consumar a falência da
política brasileira. Quando chegou a sua hora, alguma coisa não deu certo:
está sozinho de si mesmo e é o único caso de impeachment preventivo de que se tem notícia



Rever a Constituição de 1988. Cortar recursos obrigatórios para a Saúde e Educação. Reduzir benefícios previdenciários. Privatizar tudo. Retomar alinhamento com os Estados Unidos.Artigo de Fernando Marcelino, publicado em Outras Palavras e transcrito aqui, mostra que o programa do vice-presidente da República é a delícia das elites. Leia o texto integral.
______________________________



Nenhum comentário: