terça-feira, 26 de julho de 2016

Atualização: MPF quer saber mais sobre bondades do governador

Perdão de dívida da Alstom por Alckmin será investigado

Matéria da Folha anuncia hoje que o MP de São Paulo vai investigar o ato de imoralidade administrativa - e bastante desabonadora sobre sua transparência - que Geraldo Alckmin cometeu ao perdoar a dívida no valor de R$ 116 milhões que a empresa Alstom tem com a Fazenda pública. Além disso, o governador também permitu que a empresa, envolvida em diversos processos por fraude em licitações públicas, entregue o sistema de controle de trens do Metrô com 10 anos de atraso. Nada disso cheira bem (leia a postagem anterior sobre o assunto).
______________________________

Nenhum comentário: