sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Jornalismo criminoso, abertamente criminoso

Estadão nega sua tradição liberal e se torna
 um panfleto manipulador

Estadão, 21 de setembro de 2018


Jornal abraça a campanha de Bolsonaro e já não esconde mais a sua simpatia pelo fascismo, mas sugerir uma arma na direção de Haddad me parece uma construção criminosa que coloca a linha editorial do veículo em outro patamar. 

Em tempo: construções discursivas como essa são "obras abertas à interpretação do receptor". A responsabilidade por elas não é de quem as lê mas de quem as formula..

Que tal FHV começar sua campanha contra a insensatez denunciando o jornalão dos Mesquita?
______________________________

Nenhum comentário: