terça-feira, 2 de outubro de 2018

Dias de trincheira


Uma sequência narrativa que não deixa lugar para nenhuma dúvida, um rito para o qual as forças progressistas podem não estar preparadas: o papel decisivo que jogam a mídia e o Judiciário na construção da hegemonia fascista sobre o eleitorado, mais do que a realidade objetiva de um país em ruínas. São dias de trincheira...


Mussolini entra em Roma, 1922  (Mino Carta)
Leituras sugeridas

* Lula: Só o voto popular pode salvar o Brasil (JB) * Na semana da eleição, Moro alimenta artilharia da mídia e Lava Jato contra o PT (GGN) * Delação de Palocci que Moro liberou foi recusada pelo MP por falta de provas (DCM) * Bolsonaro poupa aliados e culpa adversários por "mentiras" sobre o 13o. e CPMF (Uol) * Toffoli veta entrevista de Lula até julgamento pelo plenário do STF (Uol) * Havan: ideologia, irracionalismo e assédio moral (GGN) * Bolsonaro fará guerra aos pobres (Folha) * Elite já releva natureza autoritária de Bolsonaro (Carta Capital) * O que Bolsonaro revela sobre o voto (Piauí).

Do blog: * Quem são esses caras? (sobre o texto de André Singer, Tortura nunca mais? Folha) * Contra o fascismo, em defesa da democracia * Multidões repudiam Bolsonaro no Brasil e no Exterior.
______________________________

Nenhum comentário: