quarta-feira, 21 de outubro de 2020

O Brasil falido de Bolsonaro

 Até o FMI discorda de Guedes

Para Fundo Monetário Internacional (quem diria), sair da crise exigirá flexibilizar austeridade, ampliar gasto público e taxar grandes fortunas, mas Paulo Guedes insiste em levar o país ao desastre econômico e social. Paulo Kliass, em Outras Palavras

Paulo Guedes permanece alheio à trágica realidade que o Brasil enfrenta e mantém o discurso irresponsável do personagem austericida fiscalista a todo custo. De acordo com sua visão conservadora, tudo será resolvido no tempo certo, a partir da simples conjugação das forças de mercado (continue a leitura)


Leia ainda: * Renda cidadã pode cortar 3 milhões de famílias do programa para caber no orçamento (Folha) * Tirando do paupérrimo para dar ao pobre: o uso do dinheiro do Fundeb (Piaui) * Reforma trabalhista não resolveu problema do mercado (RBA)

______________________________

Nenhum comentário: