segunda-feira, 14 de junho de 2021

A pobre sociedade do desempenho

O sujeito do desempenho é incapaz de
chegar a uma conclusão 
(Byung-Chukl Han)

Crítica ao aceleracionismo 
pedagógico

Roberto Rafael Dias da Silva

Outras Palavras


O pensamento filosófico de Byung-Chukl Han tem nos mobilizado a realizar novas indagações e a renovar o nosso conjunto de reflexões críticas sobre a vida social contemporânea. A recente publicação da obra Favor fechar os olhos: em busca de um outro tempo, originalmente publicada em alemão no ano de 2013, oferece-nos um novo olhar para a questão da aceleração social que ora experienciamos. Atualmente, as narrativas, a contemplação e o tempo da aprendizagem são sufocados pelo desempenho. Este cenário se complexifica também pela predominância das informações, uma vez que “o sujeito do desempenho é incapaz de chegar a uma conclusão”, tal como já evidenciamos na epígrafe deste texto. Neste breve texto, revisaremos o estudo de Han objetivando buscar as repercussões deste pensamento para pensar a educação e a formação humana neste início de século 21 (continue a leitura).

Nenhum comentário: