segunda-feira, 27 de setembro de 2021

Bolsonaro, 1000 dias

600 mil mortes, miséria e desemprego, corrupção e vergonha internacional

"O homem é um animal político", disse Aristóteles.
Estúpido como é, Bolsonaro levou a frase ao pé da letra

O capitão fascista e genocida quer transformar a passagem da data em motivo de reaglutinação de sua cada vez menor base de apoio. A julgar pelas evidências do desastre em que sua passagem pelo Planalto se transformou, o "parabéns a você" pode acabar em linchamento. Nos links abaixo, um clipping que inspira a mobilização nacional para os protestos do próximo dia 2 de outubro. A palavra de ordem continua a mesma até a vitória final: #ForaBolsonaro!

Nenhum comentário: